Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Racionalidade precisa-se

por Rui Lebreiro, em 25.12.13
Cavaco silva não enviou o orçamento de estado para o TC para fiscalização preventiva. E não enviou porque não podia enviar.
Notável para mim é constatar que há quem defenda que precisamente agora seria a altura certa para o PR optar por esta opção, nunca antes tomada, lançando o país numa senda de consequências imprevisíveis.
Defender essa opção é achar que o país podia na presente conjuntura ficar paralisado, em gestão corrente, durante semanas a fio, para não dizer meses. À velocidade que hoje o mundo se move, com a pressão que todos os dias os países fazem no sentido de marcar posições no xadrez global, desde logo os países emergentes, essa postura imobilista é muito perigosa e de quem ficou preso no tempo há décadas atrás.
E que imagem lançaria no mercado - o mercado a que continuamos a pedir dinheiro - um país em que o PR decide manifestar esse tipo de dúvidas fundamentais acerca do orçamento de estado do próximo ano, aprovado na assembleia da república, pondo o país em stand by?
Podemos ser mais próximos ou mais distantes da ideologia política subjacente ao OE em causa, mas racionalidade é devida a todos.
Acho até que o actual PR tem algumas limitações importantes no que respeita ao exercício do cargo, mas de falta deste poder pragmático de análise não pode ser acusado, e na minha opinião aqui decidiu bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40






Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D